quinta-feira, 3 de março de 2016

Estão mentindo pra você...


Eita título pesado ein?! Mas vem comigo que a história é boa.

Eu costumo dizer que minha vida é um milagre, se eu não te contei essa história ainda, me procura que eu conto com o maior prazer, pois não existo por outra razão que não seja glorificar o nome de Jesus.

Mas de onde tirei isso?

São inúmeras as histórias desde os primeiros dias da minha vida em que a fé dos meus pais, e com o tempo, a minha também, foram testadas a respeito da minha saúde.

Não por acaso, eu tenho várias memórias de hospitais. Algumas delas meio embaçadas, mas estão lá.

Com o tempo, e aí não sei precisar quando, eu comecei a ter pavor de estar ali. Sempre tinha a impressão que entraria na emergência pra não mais sair ou pra ficar internada por dias. Era desesperador! Eu simplesmente começava a ficar agitada e ansiosa.

Não sei se vocês já tiveram pânico de algo? Ou conhecem alguém que tem? Mas cara, se você nunca teve, não julgue quem tem, pois pra essa pessoa aquele problema é realmente grave.

Em 2014, eu tive alguns vários problemas de saúde que me fizeram frequentar as mais diversas especialidades médicas. No começo, eu até tirava sarro e dizia que eu estava virando um objeto de estudo da ciência, mas os problemas foram aumentando e eu fui desanimando. Aquilo tudo foi me consumindo e me vi novamente naquele ambiente que tanto temia. Outra vez me vi refém daquele medo descontrolado.

Voltei a fazer terapia, busquei ajuda em oração com amigos e pastores, mas dentro de mim ainda pairavam as dúvidas: de onde vem tudo isso? Por que tanto medo? O que aconteceu pra que eu reagisse dessa forma?

Perdi as contas de quantas vezes orei pedindo perdão a Deus por tanta incredulidade no meu coração e pedindo que Ele revelasse o que havia de errado.

Certa noite, enquanto orava no meu quarto, comecei a lembrar de dias em que fiquei horas no hospital e não tive crise alguma. Lembrei de como eu me sentia segura por saber que Deus estava cuidando de tudo. Que não importava o lugar, ou a circunstância, Ele estava comigo.

Comecei a chorar, e então eu entendi que estava sendo enganada esse tempo todo.

Não havia um fato, um trauma, algo pra embasar todo aquele pavor. Havia apenas um diabo oportunista que usava meus momentos de fragilidade pra soprar em meus ouvidos que Deus me abandonaria e eu sofreria até o fim dos meus dias.

Eu não podia acreditar! Como pude dar ouvidos a ele esse tempo todo (foram anos lutando contra isso), quando as verdades de Deus sobre mim, e sobre Sua fidelidade e amor, não haviam mudado?!

Pedi perdão e passei a declarar que não daria mais lugar para o engano e a mentira do diabo.
____________________

Por que resgatei essa situação de 2014?
Continua firme na leitura que vai valer a pena...rs
____________________
Em 2016, recebemos um dos maiores presentes das nossas vidas, a princesa Nicole!

As emoções sobre o período antes do nascimento dela e durante o parto, eu conto em outra oportunidade, mas queria falar sobre o depois.

Eu estava angustiada por não ter conseguido ver a minha irmã antes dela entrar na sala do parto e não via a hora de poder abraçar e beijar as duas. (Sim, eu sou EXTREMAMENTE apaixonada por ambas!).

Quando soube que elas poderiam ter um acompanhante durante a noite, não pensei duas vezes e me ofereci pra desfrutar desses momentos.

Meus pais ficaram receosos e minha mãe chegou a perguntar: você tem certeza, filha?!

(Só Deus e eles sabem o quanto eu já sofri nesse ambiente e porque parecia tão surreal meu pedido).

Eu não sei explicar de onde veio tanta convicção, mas prontamente disse: tenho sim, mãe! Eu quero fazer isso.

(Pausa pra enxugar as lágrimas... respira e continua...)

Primeiro, devo dizer que foi um privilégio inenarrável poder ajudar minha irmã a cuidar da minha sobrinha nas primeiras horas de vida dela. E sempre que eu puder continuarei enchendo essas duas de muito amor.

Em segundo lugar, no meio da madrugada, olhando pra elas dormindo, o Espírito Santo, me disse: Hey! Olha onde nós estamos? Você está bem e não há medo em seu coração. O perfeito amor lançou fora TODO o medo e agora você pode desfrutar desse momento... 

Eu não cabia em mim de alegria, emoção e uma enorme gratidão!

Na segunda noite por lá, passamos a ter a companhia de uma outra mamãe e seu lindo baby. Ela estava aflita em virtude de alguns riscos que ele estava correndo e em dado momento me enchi de ousadia e pedi autorização pra orar com ela. Foi lindo o que Deus fez!
_____________________

Vocês conseguem entender o que ocorreu aqui?
Onde habitou a dor e o engano, hoje habita a verdade, a força, o descanso e a ousadia...
Onde havia medo, hoje transborda o amor...
Amor esse que capacita não apenas a transpor as próprias barreiras, mas ajuda outros a enxergarem além.
________________________

Não permita que o diabo te engane te fazendo acreditar que o que Deus disse sobre você foi um erro. Deus não muda de ideia sobre nós! Cada um dos nossos dias foi escrito no seu livro e Ele tem prazer em passar por eles ao nosso lado.

Se você ainda sofre de pânico por alguma situação, procure ajuda, mas também procure sondar seu coração e investigar suas memórias. Pode ser que, como eu, você se surpreenda e descubra que não há o que temer.

Se o medo insistir em ficar, lembre que “...o perfeito amor lança fora o medo...” (1João 4:18) e convide Aquele que é o amor (1 João 4:16) para fazer parte da sua vida. Deixe Ele te mostrar uma nova perspectiva sobre cada fato da sua história.


Deus abençoe vocês!
;)

3 comentários:

Rico Boschi disse...

Imagino que não tenha o perfil do leitor habitual do seu blog mas especialmente hoje, tive de comentar porque esse post me tocou muito. Também na infância passei por muitas situações semelhantes às relatadas no post e enfrentei a dúvida. A diferença é que ainda enfrento. Admito muito a sua entrega para o que você acredita - provavelmente já devo ter dito isso pessoalmente - e seria muito reconfortante poder ter uma experiência de proteção e plenitude tão significativa quanto a que as suas linhas deixam transparecer. Talvez não seja o momento, ou talvez algumas pessoas simplesmente não estejam destinadas a isso, sei lá... Fico feliz por você ter superado de maneira tão corajosa todos os obstáculos, aqueles que têm ou já tiveram o privilégio de trocar uma ideia contigo podem atestar de fato que existe uma luminosidade diferente em você, uma energia bastante positiva, e isso se traduz em cada palavra que escreve, muito bacana o texto

Caro Menezes disse...

Obrigada,Rico!
Fico feliz de saber que alguém como vc, que entende não só o problema que citei, mas de escrita...rs tenha gostado do meu texto. ;)

DEH FARIAS disse...

Como é bom ver que Deus nos faz crescer o que causava tanto medo hoje nao causa mais .... nao pq a situação mudou mas pq vc amadureceu com cristo ....
Amei o textoo ... beijooos